Você está em Diversos

Culinária italiana

A culinária italiana apresenta influências da cozinha etrusca, da antiga Grécia, da antiga Roma, Bizantina, Hebraica e Árabe.

E sofreu importantes mudanças com a descoberta do Novo Mundo (América), como a introdução de alimentos como batata, tomate, pimentão e milho. Todos esses alimentos hoje fundamentais na culinária italiana foram introduzidos em larga escala apenas no século XVIII.

A culinária italiana é uma das mais famosas do mundo e é conhecida pela sua diversidade em nível regional como exemplos de produto típico temos o queijo Parmigiano Reggiano da região da Emília Romana e o Gongonzola da Região do Piemonte.

Vejamos alguns produtos típicos de cada região da Itália com padrão de excelência em qualidade, protegidos e certificados pela União Europeia.

Abruzzo - "Coline Teattini" (azeite extra-virgem de oliva)

Basilicata - Peperone di Senise (pimentão)

Calábria - Capocollo di Calabria (salame)

Campania - Mozzarella di Bufala Campana (queijo)

Emília Romana - Culatello di Zibello (salame)

Friuli Venezia Giulia - Prosciutto di San Daniele (presunto)

Lazio - Pane Casareccio di Genzano (pão caseiro)

Marche - Prosciutto di Carpegna (presunto)

Molise - Biferno (vinho)

Sicília - Cappero di Pantelleria (alcaparra)

Puglia - Terra di Bare (azeite de oliva)

Toscana - Farro della Garfagnana (tipo de cereal)

Trentino Alto Adige - Speck dell'Alto Adige (presunto)

Umbria - Lenticchia di Castelluccio di Norcia (lentilha)

Valle d'Aosta - Valle d'Aosta Lard d'Arnad (bacon)

Veneto -Radicchio Rosso di Treviso  (hortaliça)

Sardenha - Fiore Sardo (queijo)

Piemonte - Robiola di Roccaverano (queijo)

Pratos típicos de algumas regiões

Spaghetti

Região: Campania
O spaghetti pode ser servido com uma variedade de molhos, o mais comum é com molho de tomate com queijo ralado e folhas de manjericão.

Tortellini

Região: Emília Romana
Massa feita com farinha de trigo e ovos, e recheada com carne de gado, de porco e queijo.

Penne

Regiões: Campania e Sicilia
Massa em formato cilíndrico liso ou com listras. Em geral são preparados ao molho vermelho ou pesto.

Grissini

Região: Piemonte
Biscoito criado em 1679, feito com farinha de trigo, azeite de oliva e água.

Ravioli

Região: Basilicata, Emília Romana, Lazio, Marche, Piemonte, Toscana e Lombardia.
Massa feita com farinha de trigo e ovos com diversos tipos de recheio.

Polenta

Região: Norte da Itália
A polenta que é feita à base de farinha de milho e água é historicamente conhecida na Itália como prato dos pobres.

Tiramisù

Região: Vêneto
Doce muito famoso, feito com bolacha champagne, mascarpone, café e ovo.

Orecchietti

Regiões: Puglia e Basilicata
Macarrão feito com farinha de grano duro com formato de orelhinhas.

Hábitos à mesa

Hoje em dia, os hábitos alimentares dos italianos são diferentes do que eram no passado, tanto no almoço como no jantar. O típico almoço italiano tem vários pratos, começando com o antepasto. Existem muitos tipos de pratos para o antepasto, como frios, azeitonas, saladas etc. São pequenas porções.

Em seguida, vem o primeiro prato, feito geralmente com macarrão ou arroz com diversos tipos de molhos, ou mesmo uma sopa, com ou sem macarrão. O segundo prato é à base de carne, peixe, ovo ou queijo, com um contorno de verdura. Após, vem a sobremesa que pode ser uma frutas ou um doce, e por fim, o café.

Esse tipo de refeição hoje em dia é típico de ocasiões especiais como festas de casamento. Em geral, se come um primeiro e segundo prato e depois uma fruta. Porém, muitas famílias italianas preferem um prato único: um primeiro ou segundo prato. No almoço e na janta os italianos adoram beber um cálice de vinho.

Como referenciar: "Culinária italiana" em Só Italiano. Virtuous Tecnologia da Informação, 2011-2019. Consultado em 22/10/2019 às 16:27. Disponível na Internet em http://www.soitaliano.com.br/conteudo/CulinariaItaliana.php